fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nick Kyrgios, Milos Raonic, Wimbledon Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nick Kyrgios, Milos Raonic, Wimbledon Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nick Kyrgios, Milos Raonic, Wimbledon tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/kyrgios/0702_wim_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/kyrgios/0702_wim_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Kyrgios acredita que poderá ganhar Wimbledon
02/07/2014 às 19h38
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/kyrgios/0702_wim_back_int.jpg" title="Kyrgios saltará para o 66º lugar do ranking mundial" />

Kyrgios saltará para o 66º lugar do ranking mundial

Foto: ATP
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Forçado pela circunstâcia a ir dois dias seguidos para a quadra e a fazer oito apertados sets nesse curtíssimo período, o australiano Nick Kyrgios deixa o Grand Slam britânico com uma certeza: poderá ganhar Wimbledon no futuro. "Acho que posso voltar aqui e vencer algum dia, desde é claro que meu jogo continue evoluindo. Penso que tenho uma chance".

Aos 19 anos, ele chegou a Londres como o 145º do ranking, com sucesso unicamente em torneios de nível challenger. Depois de eliminar jogadores do porte de Rafael Nadal e Richard Gasquet, aparecerá no 66º posto e com isso abre portas para disputar torneios maiores, incluindo vaga direta no US Open.

"Meus resultados aqui me dizem que existe muito espaço para progresso", aposta ele, que tem apoio da sua federação nacional e está morando na base montada em Munique pela Tennis Austrália. "Ao mesmo tempo, mostra que posso ir longe nos torneios maiores. Eu ainda tenho apenas 19 anos. Não quero colocar pressão sobre mim mesmo. O negócio é seguir trabalhando duro, fazendo as coisas certas"

Sobre a derrota para o canadense Milos Raonic, ele creditou ao bom desempenho do adversário. "Ele sacou de forma inacrditável", elogiou. "No começo, achei que conseguiria trabalhar melhor com suas devoluções, mas depois Raonic pareceu ter encontrado o ritmo ideal e não pude fazer muita coisa".

Últimas notícias
Comentários