fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Eugenie Bouchard, Sabine Lisicki, Angelique Kerber, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Eugenie Bouchard, Sabine Lisicki, Angelique Kerber, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Eugenie Bouchard, Sabine Lisicki, Angelique Kerber, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0702_wimb_corre_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0702_wimb_corre_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Halep descarta pressão por favoritismo na semi
02/07/2014 às 16h39
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0702_wimb_corre_int.jpg" title="Halep é melhor ranqueada entre as semifinalistas" />

Halep é melhor ranqueada entre as semifinalistas

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Terceira colocada no ranking mundial, a romena Simona Halep descartou que sinta qualquer tipo de pressão por ser a principal cabeça de chave restante entre as quatro semifinalistas em Wimbledon. Ela destacou que a experiência adquirida em Roland Garros, onde passou pela mesma situação, poderá ajudá-la a lidar melhor com o favoritismo.

“Em Roland Garros, eu também fui a maior cabeça de chave restante. Então, agora eu tenho essa experiência e não sinto a pressão. Eu só quero aproveitar o momento e dar o meu melhor em quadra”, disse Halep após a vitória por 6/4 e 6/0 sobre a alemã Sabine Lisicki, atual vice-campeã na grama londrina.

Apesar da tranquila vantagem no placar final e de ter vencido 11 games seguidos no jogo realizado nesta quarta-feira, Halep lembrou do começo complicado que teve no jogo, quando permitiu que a rival abrisse a vantagem de 4/1. E por isso, a romena comemorou a atuação e a vitória obtida em sets diretos.

“Não foi tão fácil quanto parece. Tive um começo lento, mas depois voltei bem. Joguei o meu melhor e eu aproveitei cada momento estar na quadra central, por isso estou feliz que pude ganhar em dois sets já me preparar para o próximo jogo”, concluiu a romena que agora encara a canadense Eugenie Bouchard.

Disputando sua terceira semifinal de Slam consecutiva, a canadense, número 13 do ranking feminino, fez questão de elogiar o trabalho de Halep e espera uma partida complicada nesta quinta-feira. “Ela é uma tenista muito boa e por isso estou pronta para mais um jogo difícil. Estou contente de chegar às semifinais novamente, mas pretendo dar um passo adiante desta vez”, comentou Bouchard, após bater a canhota alemã Angelique Kerber em seu jogo de quartas de final.

 

Últimas notícias
Comentários