fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Marin Cilic, Grigor Dimitrov, Wimbledon, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Marin Cilic, Grigor Dimitrov, Wimbledon, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Marin Cilic, Grigor Dimitrov, Wimbledon, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0702_wimbledon_fore_costas_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0702_wimbledon_fore_costas_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Djokovic brinca e credita virada ao par de tênis
02/07/2014 às 15h32
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0702_wimbledon_fore_costas_int.jpg" title="Djokovic sofreu para bater Cilic de virada e em 5 sets" />

Djokovic sofreu para bater Cilic de virada e em 5 sets

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - O sérvio Novak Djokovic teve muito trabalho para derrubar o croata Marin Cilic, pelas quartas de final em Wimbledon, e assim seguir vivo no torneio. Nesta quarta-feira, o número 2 do mundo chegou a estar perdendo por 2 sets a 1, quando iniciou sua recuperação e conseguiu a virada com placar final de 6/1, 3/6, 6/7 (4-7), 6/2 e 6/2.

Perguntado sobre o segredo da recuperação, o tenista de Belgrado usou a ironia. “Talvez seja o par de tênis. Desde que os troquei joguei muito bem. Vou ficar com esses até o fim”, declarou Djokovic, que mudou de calçado no meio do quarto set. Depois da brincadeira, o sérvio fez uma avaliação melhor do que enxergou dentro de quadra.

“Joguei muito bem no primeiro set, mas depois ele elevou seu nível. Fiquei frustrado por tê-lo deixado se recuperar na partida, ainda mais porque perdi algumas oportunidades e estava sendo passivo demais”, avaliou o sérvio. “Foi uma dura partida de cinco sets. Sabia que Marin seria agressivo e os dois primeiros sets foram equilibradíssimos”, acrescentou.

Não foi apenas a troca do calçado que levou o sérvio a virada, vencendo a quarta e quinta parciais. “Nos dois últimos sets sinto que consegui retomar o controle do jogo, batendo meus golpes com maior estabilidade”, comentou o vice-líder do ranking, que pode retomar o posto de número 1 caso saia do All England Club como campeão.

Para que isso aconteça, ele precisa de mais duas vitórias e seu próximo oponente é o búlgaro Grigor Dimitrov, que derrubou o britânico Andy Murray, atual campeão do torneio, em sets diretos. “Foi uma grande vitória de Grigor. Ele está com tudo nos últimos meses, venceu alguns títulos, incluindo na grama de Queen’s”, disse o sérvio.

O retrospecto entre os dois é favorável a Djokovic, que levou a melhor em três dos quatro encontros que teve com o búlgaro, nenhum deles sobre a grama. “Ele ainda não perdeu na grama neste ano, então é o jogador a ser batido”, finalizou o número 1 do mundo.

Últimas notícias
Comentários