fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Bruno Soares, Andre Sa, Bob Bryan, Mike BryanCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Bruno Soares, Andre Sa, Bob Bryan, Mike BryanCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Bruno Soares, Andre Sa, Bob Bryan, Mike Bryantênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/melo/0626_wimbledon_voleia_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/melo/0626_wimbledon_voleia_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Nas quartas, Melo para novamente nos Bryan
02/07/2014 às 12h22
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/melo/0626_wimbledon_voleia_int.jpg" title="Com Dodig, Melo foi vice no ano passado diante dos Bryan" />

Com Dodig, Melo foi vice no ano passado diante dos Bryan

Foto: Ron Angle/VIPCOMM
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - O mineiro Marcelo Melo viu mais uma vez o sonho de vencer Wimbledon parar nos gêmeos norte-americanos Bob e Mike Bryan. Pelas quartas de final do Grand Slam britânico, Melo e o austríaco Julian Knowle sofreram a virada da dupla número 1 do mundo, com placar final de 3/6, 7/6 (8-6), 6/4 e 6/4 em 2h30 de partida. Situação parecida viveu o mineiro no ano passado, quando, ao lado do croata Ivan Dodig, foi finalista na grama londrina e chegou a vencer a primeira parcial, antes de sofrer a virada.

Após salvarem um break-point ainda no terceiro game, que teve três igualdades, Melo e Knowle conquistaram uma quebra e foram firmes em seus games de serviço para vencer a primeira parcial.

O segundo set foi todo sem quebras. No tiebreak dupla do brasileiro chegou a ter três set points, ao abrir a vantagem de 6-3, mas permitiram a reação dos atuais campeões que marcaram cinco pontos seguidos e empataram o confronto. Logo após o término do tiebreak, Knowle, que chegou a sacar em um set point, recebeu um atendimento médico de três minutos para a perna esquerda.

Os irmãos Bryan abriram frente no placar logo no início do terceiro set, obtendo uma quebra ainda no terceiro game e mantendo o serviço até o final. Roteiro semelhante teve a parcial seguinte, com os gêmeos norte-americanos conquistando uma quebra ainda no primeiro game e salvando no sexto game o único break-point que enfrentaram ao longo de todo set.

Em jogo ainda válido pelas oitavas de final, adiado por conta das chuvas, o também mineiro André Sá e o croata Mate Pavic se despediram da competição derrotados pela dupla formada pelo norte-americano Jack Sock e o canadense Vasek Pospisil por 7/6 (7-3), 7/6 (7-3) e 6/4 em 2h06. Sock e Pospisil serão os próximos adversários do mineiro Bruno Soares e do austríaco Alexander Peya, cabeças 2 da competição.

Últimas notícias
Comentários