fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Grigor Dimitrov, Andy Murray, Marin Cilic, Novak Djokovic, WimbledonCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Grigor Dimitrov, Andy Murray, Marin Cilic, Novak Djokovic, WimbledonCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Grigor Dimitrov, Andy Murray, Marin Cilic, Novak Djokovic, Wimbledontênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/dimitrov/0207_wimbledon_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/dimitrov/0207_wimbledon_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Dimitrov vence e acaba com sequência de Murray
02/07/2014 às 11h40
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/dimitrov/0207_wimbledon_vibra_int.jpg" title="Dimitrov fará a primeira semifinal de Slam da carreira" />

Dimitrov fará a primeira semifinal de Slam da carreira

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - A série de vitórias do britânico Andy Murray no All England Club acabou nesta quarta-feira. O responsável foi o búlgaro Grigor Dimitrov, que derrubou o atleta da casa nas quartas de final em Wimbledon por 3 sets a 0, com placar final de 6/1, 7/6 (7-4) e 6/2, em exatas duas horas de partida.

Campeão de Wimbledon no ano passado e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, Murray não perdia no tradicional clube londrino há 17 partidas e viu a sequência ruir em um dia nada bom. Ele cometeu 37 erros não forçados, contra 18 de Dimitrov, e teve menos bolas vencedoras do que o búlgaro (24 a 32).

Em sua primeira semifinal de Grand Slam da carreira, Dimitrov terá pela frente o vencedor do duelo entre o sérvio Novak Djokovic, cabeça de chave número 1, e o croata Marin Cilic. O búlgaro perdeu três dos quatro embates que travou com Djokovic e na única vez que mediu forças com Cilic acabou superado.

O búlgaro também confirma a inédita presença no top 10 do ranking masculino, algo que se esperava dele há algum tempo. Aos 23 anos, ele garantiu o nono lugar e empurrou Murray para o 10º posto, que será sua mais baixa classificação desde junho de 2008.

O primeiro set foi um verdadeiro passeio de Dimitrov, que dominou o saque do britânico, vencendo 62% dos pontos disputados. A primeira quebra veio apenas no quarto game, mas depois dela Murray conseguiu vencer apenas mais dois pontos, levou nova quebra e acabou ficando com apenas um game na parcial inicial.

Mesmo sem fazer um grande jogo, Murray conseguiu se reequilibrar no segundo set. Contudo, ele não conseguiu evitar mais uma quebra em favor do búlgaro, que teve 4/3 e saque, mas não aproveitou a vantagem e perdeu o serviço logo em seguida. A igualdade se manteve até o fim e a definição foi para o tiebreak, no qual Dimitrov foi levemente melhor e ampliou o placar.

Com dianteira de 2 a 0, o búlgaro se encontrou em situação confortável dentro de quadra, ao passo que o escocês de Dunblane estava justamente em condição oposta, principalmente por não estar em um dia inspirado. Com uma dupla falta no break-point, Murray entregou o sexto game e ficou bem perto da derrota.

Dimitrov não deu mole para o britânico, confirmou o serviço em seguida e tratou de sacramentar o triunfo em sets diretos ao obter nova quebra para cima de Murray. Esta foi a sua segunda vitória para cima do britânico, que ainda tem vantagem no retrospecto, com três resultados positivos, mas que saiu derrotado nos últimos dois duelos entre eles.

Últimas notícias
Comentários