fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Stanislas Wawrinka, Tommy Robredo Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Stanislas Wawrinka, Tommy Robredo Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Stanislas Wawrinka, Tommy Robredo tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/federer/0626_wimbledon_voleia_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/federer/0626_wimbledon_voleia_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Federer comemora sucesso suíço em Wimbledon
01/07/2014 às 12h36
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/federer/0626_wimbledon_voleia_int.jpg" title="Suíço espera que boa fase contagie sua seleção na Copa" />

Suíço espera que boa fase contagie sua seleção na Copa

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Garantido nas quartas de final em Wimbledon, o suíço Roger Federer comemorou a boa fase dos tenistas de seu país no Grand Slam britânico, uma vez que o compatriota Stan Wawrinka também está entre os oito melhores da competição e fará um confronto caseiro com Federer, buscando um lugar na semifinal.

“Vai ser incrível jogar Stan nas quartas-de-final, espero que no Quadra Central, porque coisas assim não acontecem com muita freqüência no esporte suíço”, disse Federer que também fez questão de levar seu apoio à seleção de seu país na Copa do Mundo. Os suíços enfrentam a Argentina pelas oitavas de final da competição também nesta terça-feira em São Paulo. “Para um país pequeno, estamos indo muito bem nos esportes. Esperemos que a nosso futebol possa bater Argentina”, acrescentou o ex-líder do ranking.

Ainda sem perder sets e sequer ter o serviço quebrado no torneio, o heptacampeão também avaliou de forma positiva sua atuação diante do espanhol Tommy Robredo pelas oitavas de final. Apesar da ampla vantagem do suíço no confronto direto, agora em 11 a 1 para Federer, havia a expectativa de uma revanche por conta da derrota sofrida para o espanhol nas oitavas do US Open do ano passado.

“Estou muito feliz que fui capaz de começar forte e manter o ritmo até o fim. Foi difícil sacar para fechar a partida, porque Tommy estava jogando melhor e por isso tenho o prazer de vencer em sets diretos.”, comentou Federer. “Estou sacando e me movimentando bem, e estão acontecendo todas as coisas que precisam para que eu vá longe no torneio”.

Últimas notícias
Comentários