fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Alize Cornet, Wimbledon Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Alize Cornet, Wimbledon Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Alize Cornet, Wimbledon tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/serena/0628_wimbledon_chateada_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/serena/0628_wimbledon_chateada_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Serena quer usar derrota como lição para futuro
28/06/2014 às 19h48
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/serena/0628_wimbledon_chateada_int.jpg" title="Serena amargou nova queda prematura em Grand Slam" />

Serena amargou nova queda prematura em Grand Slam

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Em sua carreira recheada de vitórias e títulos, a norte-americana Serena Williams também teve que saber lidar com as derrotas que aparecem no caminho. Neste sábado, a número 1 do mundo mais uma vez sofreu com um resultado negativo e foi eliminada precocemente de Wimbledon, caindo diante da francesa Alize Cornet na terceira rodada.

A líder do ranking saiu vencendo, mas levou a virada de Cornet e acabou derrotada. Este é o segundo Grand Slam seguido que Serena não vai longe. “Na Austrália, eu não pude jogar. Em Paris, foi realmente mal. Aqui, acho que joguei melhor. Cheguei ao torneio em melhor forma e acho que estava nada mal em quadra”, disse a norte-americana.

Superada na segunda rodada em Roland Garros, ela revelou ter treinado duro para chegar com todo no All England Club. “Trabalhei duro para chegar bem neste torneio, mas talvez não tenha sido o suficiente para hoje, que sabe no amanhã. Tenho que seguir em frente”, observou a caçula das irmãs Williams, que pretende tirar lições com a derrota.

“Depois tenho que sentar e ver a partida para descobrir o que fiz errado e o que posso melhorar. Um dos ajustes que tenho que fazer é cometer menos erros, mas isso é difícil, ainda mais se não estou em um dia bom. É importante estudar a derrota para saber o que aconteceu errado. Já tenho alguma ideia e espero poder jogar melhor da próxima vez”, pontuou.

Serena destacou também que as rivais elevam seu nível de jogo sempre que a enfrentam. “As garotas jogam contra mim de uma maneira completamente diferente, como seu eu estivesse na ATP. Não é fácil estar no meu lugar, mas tenho que estar pronta”, finalizou a norte-americana, que ainda não se despede totalmente do torneio, pois segue na chave de duplas ao lado da irmã Venus.

Últimas notícias
Comentários