fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Lleyton Hewitt, Wimbledon, aposentadoria, lesões, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Lleyton Hewitt, Wimbledon, aposentadoria, lesões, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Lleyton Hewitt, Wimbledon, aposentadoria, lesões, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/hewitt/0627_wimbledon_toss_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/hewitt/0627_wimbledon_toss_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Hewitt revela estar a uma lesão da aposentadoria
28/06/2014 às 10h10
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/hewitt/0627_wimbledon_toss_int.jpg" title="Hewitt disputou sua 42ª partida de cinco sets da carreira" />

Hewitt disputou sua 42ª partida de cinco sets da carreira

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Já com seus 33 anos, completados em fevereiro, o australiano Lleyton Hewitt sabe que está na reta final de sua carreira como profissional. O ex-número 1 se mostra ainda bastante empolgado com a vida de tenista, mas sabe que se vier uma nova lesão ela acabará decretando sua aposentadoria.

“Estou a uma lesão (da aposentadoria)”, declarou o australiano, que nesta sexta-feira foi eliminado de Wimbledon pelo polonês Jerzy Janowicz em batalha de cinco sets. “É frustrante deixar a quadra se sentindo bem, sabendo que poderia ter vencido e, se preciso, jogar uma outra partida de cinco sets no dia seguinte”, lamentou.

Em contrapartida, Hewitt disse estar bem fisicamente e empolgado pelo que tem ainda pela frente. “O corpo está em ordem, o que é uma coisa positiva. Vocês sabem que já passei por diversas cirurgias, mas no momento está tudo bem. Ainda adoro o que faço, gosto de todo esse trabalho duro. É por isso que sigo, para ter momentos como o de hoje, em que você joga cinco sets com os melhores do mundo”, pontuou.

“Quando tive que passar pelas cirurgias foi a coisa que eu mais sentia falta”, complementou o ex-número 1 do mundo. “Acho que os últimos anos foram bons e agradeço por ter conseguido concluir meus retornos, especialmente após a última operação. Realmente não acreditava que poderia competir com esses caras novamente”, finalizou Hewitt.

Últimas notícias
Comentários