fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Lukas Rosol , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Lukas Rosol , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Lukas Rosol , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0624_wimbledon_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0624_wimbledon_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Nunca jogo apenas por revanche', afirma Nadal
26/06/2014 às 13h38
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0624_wimbledon_vibra_int.jpg" title="Nadal obteve segunda vitória seguida contra Rosol" />

Nadal obteve segunda vitória seguida contra Rosol

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Os fãs de Rafael Nadal tiveram motivos de sobra para comemorar a vitória de virada sobre o tcheco Lukas Rosol nesta quinta-feira. Além de o número 1 do mundo ter voltado a uma terceira rodada em Wimbledon, o que não acontecia desde o vice em 2011, o espanhol obteve uma revanche exatamente diante do rival que o derrubou na segunda fase do torneio há dois anos. Para Nadal, entretanto, foi apenas mais um jogo. E ele saiu satisfeito com o resultado.

“Eu nunca jogo por vingança, cada partida é diferente da outra. Hoje foi mais um jogo que eu tentei vencer”, disse Nadal à BBC. “Meu objetivo não era Rosol, mas sim atuar bem no torneio. Houve muita tensão, mas eu acho que terminei a partida jogando muito bem”, acrescentou o espanhol que já havia vencido Rosol neste ano, em jogo válido pelo ATP 250 de Doha, em janeiro.

Após perder o primeiro set e se ver com uma desvantagem de 4/2 na segunda parcial, Nadal destaca que a quebra obtida no oitavo game aliada à vitória no tiebreak foram de fundamental importância para alterar o rumo da partida.

“Cometi alguns erros, e ele estava servindo muito bem, então o segundo set foi muito importante. Ficar dois sets abaixo contra Rosol, teria sido muito perigoso. Mas eu sabia que tinha que continuar lutando, esperando o meu momento”, concluiu Nadal que fará sua terceira partida em Wimbledon diante do cazaque Mikhail Kukushkin.

Últimas notícias
Comentários