fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Andrey Golubev, Radek Stepanek, Pablo Cuevas, WimbledonCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Andrey Golubev, Radek Stepanek, Pablo Cuevas, WimbledonCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Andrey Golubev, Radek Stepanek, Pablo Cuevas, Wimbledontênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0623_wim_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0623_wim_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Eficiente, Djokovic tem ótima estreia em Wimbledon
23/06/2014 às 14h43
Publicidade
Publicidade
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0623_wim_fore_int.jpg" title="Djokovic fez duas das três recentes finais no torneio" />

Djokovic fez duas das três recentes finais no torneio

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Nada de dor no punho, muito menos de cabeça baixa após o vice em Roland Garros. O número 2 do mundo Novak Djokovic deixou tudo para trás e fez uma espetacular estreia no torneio de Wimbledon. Mesmo diante do 55º do ranking, o cazaque Andrey Golubev, o cabeça 1 não teve um único saque ameaçado e arrasou com parciais de 6/0, 6/1 e 6/4, após 90 minutos.

Seu adversário na segunda rodada é bem mais experiente: o tcheco Radek Stepanek, 38º do ranking nesta semana. O tenista cheio de toques, de 35 anos. passou pelo uruguaio Pablo Cuevas, por 6/2, 6/4 e 6/4.  Não deve no entanto ser dor de cabeça para o sérvio, que ganhou 10 das 11 partidas, incluindo uma em WImbledon de 2012.

Djokovic é um adversário muito difícil de se derrotar na primeiras rodada de um Grand Slam. Em Wimbledon, isso nunca aconteceu. Nos outros grandes torneios, a última vez em que parou na estreia foi há mais de oito anos, no Australian Open de 2006, diante de Paul Goldstein.O sérvio também não perde para um adversário de fora dos top 60 desde o torneio de Queen's de 2010.

Sob olhares do técnico Boris Becker, três vezes campeão na Quadra Central, Djokovic combinou excelente saques e firmeza nas devoluções para fechar espaços ao adversário. Golubev buscou ser agressivo, forçou o primeiro serviço e foi à rede, porém só conseguiu equiibrar a partida no terceiro set, depois de perder os dois primeiros em apenas 47 minutos.

Esta foi a quarta vitória de Djokovic sobre Golubev, que jamais avançou da primeira rodada em Wimbledon em quatro participações na chave principal. Na verdade, em sua carreira, perdeu 10 dos 11 jogos feitos sobre quadras de grama e gahou somente quatro de 21 jogos de nível Grand Slam.

Últimas notícias
Comentários