fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Maria Sharapova, Roland Garros Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Maria Sharapova, Roland Garros Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Simona Halep, Maria Sharapova, Roland Garros tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0607_rg_cabisbaixa_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0607_rg_cabisbaixa_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Halep: 'Tenho que ter orgulho da minha campanha'
07/06/2014 às 20h25
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/halep/0607_rg_cabisbaixa_int.jpg" title="Halep não se deu bem em sua primeira final de Slam" />

Halep não se deu bem em sua primeira final de Slam

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Não foi dessa vez que a romena Simona Halep conseguiu vencer seu primeiro Grand Slam como profissional. Debutando em finais deste porte, ela travou uma batalha de três sets e mais de três horas com a russa Maria Sharapova, mas sucumbiu diante da maior experiência da ex-número 1 e acabou tendo que se conformar com o vice-campeonato.

Logo após o término do embate, Halep se escondeu debaixo da toalha, revelando mais tarde que foi às lágrimas. “Sim, chorei por alguns minutos naquele momento”, contou a romena, que se recompôs na hora da entrega do troféu e abriu um sorriso para receber o prêmio pelo vice no saibro de Paris.

“Depois eu sorri, porque era minha primeira final da Grand Slam e tinha que estar feliz, pois fiz tudo o que podia em quadra. Joguei um grande tênis e em alto nível. Tenho que ter orgulho da minha campanha”, declarou Halep, que já sabe o que é vencer em Roland Garros, só que no juvenil, conquistando o troféu em 2008.

Halep preferiu destacar a grande campanha a lamentar a derrota na final. “Foram duas semanas incríveis, nas quais me senti muito bem em quadra. Estou orgulhos de mim mesma”, afirmou a romena. Em sua primeira final de Grand Slam da carreira, ela confessou que sentiu um pouco a pressão antes de entrar em quadra.

“Foi duro segurar os nervos antes da final, era um jogo mito grande, minha primeira final de Slam. Tentei apenas ficar relaxada, me dizer que era apenas uma final normal, como um torneio menor”, pontuou Halep. “Fiz tudo o que pude e foi realmente difícil jogar sua primeira final de Slam, mas também foi inacreditável”, complementou.

Com a campanha em Paris, Halep vai sair da quarta colocação no ranking da WTA para a terceira, deixando para atrás a polonesa Agnieszka Radwanska. Ao avaliar a final com Sharapova, a romena destacou o ótimo desempenho da rival. “Ela sacou bem, com quique, o que dificultou bastante a minha devolução. Além disso, ela estava se movimentando muito bem e fez uma grande partida”

Halep também falou sobre seu plano de jogo e mostrou-se contente com a maneira como o executou. “Acho que tive uma boa tática, tentei abrir mais os ângulos. Também estava batendo forte na bola, mas ela conseguia sempre devolver a bola ainda mais forte”, avaliou a romena de 22 anos.

“Não esperava um jogo de três sets e três horas e fico contente por ter mantido meu nível por um tempo tão longo”, declarou Halep. Para ela, a recordação de sua primeira final de Grand Slam vai ficar bem guardada na memória. “A atmosfera estava incrível, com certeza nunca vou me esquecer desta partida”, finalizou.

Últimas notícias
Comentários