fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Eugenie Bouchard, Roland Garros Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Eugenie Bouchard, Roland Garros Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Eugenie Bouchard, Roland Garros tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0605_rg_grita_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0605_rg_grita_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Sharapova vira terceira seguida e vai para a final
05/06/2014 às 12h44
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0605_rg_grita_int.jpg" title="Sharapova vai atrás do segundo título em Roland Garros" />

Sharapova vai atrás do segundo título em Roland Garros

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Pela terceira vez consecutiva a russa Maria Sharapova saiu perdendo e também pela terceira vez seguida, ela conseguiu se recuperar e venceu em três sets. A canadense Eugenie Bouchard foi a vítima desta quinta-feira, pelas semifinais de Roland Garros, caindo para a ex-número 1 do mundo de virada, com placar final de 4/6, 7/5 e 6/2, depois de 2h27 de embate.

Com grande intensidade e boa precisão nos golpes, Bouchard surpreendeu a russa no primeiro jogo e imprimiu um ritmo de jogo incrível no primeiro set. A canadense aproveitou o fraco desempenho de Sharapova com a segunda bola, com a qual faturou apenas três dos 12 pontos que disputou, para pressionar os serviços da rival.

Apesar de ter bem menos experiência do que a ex-número 1 do mundo, Bouchard mostrou frieza na parcial inicial, principalmente nos pontos importantes. As duas tiveram quatro oportunidades de quebra para cada lado e a canadense foi quem se deu melhor, salvando três das que enfrentou e concretizando duas das que teve a seu favor.

Sharapova não se abateu com o placar desfavorável e voltou melhor para o segundo set. Precisando vencer para não perder a chance de disputar mais uma final de Grand Slam, a russa veio melhor no começo, quebrou Bouchard e sacou em 2/0. A canadense devolveu a quebra em seguida, mas novamente perdeu o serviço e viu a rival abrir 4/1.

O placar favorável foi administrado por Sharapova até a reta final, quando ela sacou em 5/3 para fechar o set e empatar o jogo. Contudo, a russa desperdiçou três set-points no game e acabou quebrada na terceira chance que cedeu para Bouchard, que em seguida confirmou o saque e deixou tudo igual na parcial.

Errando mais do que no primeiro set, a jovem canadense se complicou quando sacava em 5/6 e com um erro não forçado, seu 20º na parcial, ela acabou quebrada por Sharapova, que enfim conseguiu fechar o set, depois de ter perdido outras quatro oportunidades. O diferencial da russa foi ter acertado mais winners do que na parcial anterior, de oito par 15, e ter contado com mais erros de Bouchard, de 13 par 20.

A maior experiência ajudou Sharapova na reta final da partida. Mais calma e com bom histórico de viradas, ela obteve uma quebra no quarto game, abriu 4/1 e ainda desperdiçou dois break-points para fazer 5/1. Além das duas viradas recentes, a russa conseguiu vencer 31 partidas de Grand Slam em que perdeu o primeiro set, sendo que em outras 18 oportunidades levou pro terceiro, mas acabou derrotada.

Depois de perder chance de voltar a quebrar a canadense no sexto game, no oitavo Sharapova enfim consegui a nova quebra que lhe deu também o jogo. Mas não foi fácil para a russa, que viu Bouchard salvar quatro match-points, o último deles com uma linda cruzada de backhand. Só que na quinta chance que teve de fechar a partida, a ex-número 1 não vacilou e finalmente fechou.

Últimas notícias
Comentários