fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Garbine Muguruza, Roland Garros Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Garbine Muguruza, Roland Garros Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Garbine Muguruza, Roland Garros tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0528_rolandgarros_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0528_rolandgarros_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Sharapova leva susto mas tira surpresa espanhola
03/06/2014 às 11h18
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0528_rolandgarros_fore_int.jpg" title="Sharapova marcou segunda grande virada consecutiva" />

Sharapova marcou segunda grande virada consecutiva

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - A espanhola Garbine Muguruza esteve perto de causar outra enorme surpresa em Roland Garros, mas lhe faltou experiência na hora decisiva. A jovem tenista de 20 anos, que havia tirado Serena Williams na segunda rodada, chegou a ter 6/1 e 5/4 antes de permitir a virada da russa Maria Sharapova, que reagiu, fez 7/5 e depois confirmou vaga na semifinal com fáceis 6/1.

Sharapova chega assim a sua quarta semifinal seguida em Roland Garros. Campeã de 2012 e finalista no ano passado, ela aguarda a vencedora da partida entre a espanhola Carla Suárez e a canadense Eugénie Bouchard. Com quatro títulos em diferentes Grand Slam, ela jamais foi bicampeã em algum deles.

Apesar da diferença de currículo - Sharapova fazia a 195ª partida de Slam diante da 16ª da adversária -, foi Muruguza quem pareceu totalmente solta no começo da partida, com jogo agressivo. A ex-número 1 do mundo chegou a cometer quatro duplas faltas de um total de 13 erros não forçados e foi incrivelmente dominada.

A espanhola não manteve o ritmo e aos poucos Sharapova encontrou um ritmo melhor, chegando a abrir 3/1. Vacilou, permitiu a reação e a virada para 4/3 e 5/4. Não se abateu, buscou empate em game de pressão e anotou nova quebra. Com 6/5 e saque, a russa ainda cometeu a sétima dupla falta, mas levou a partida ao terceiro set.

Sharapova ganhou mais confiança e jogou mais solta a partir daí. Obteve uma quebra prematura, salvou dois break points no quarto game (um deles com ace) e aproveitou a descontrole da jovem adversária para saltar a 4/1, com enorme vibração, e liquidar o jogo após 2h06. Esta foi a segunda virada consecutiva que obteve no torneio, depois de reagir contra Sam Stosur e fazer 6/0 no set final.

Com títulos seguidos em Stuttgart e Madri, Sharapova tem agora 17 vitórias em 18 jogos feitos sobre o saibro na temporada. Desde a semi de Paris de 2011, perdeu apenas quatro vezes nesse tipo de piso, sendo três para Serena e outra para Ana Ivanovic. Seis de seus últimos oito troféus vieram na terra batida.

Últimas notícias
Comentários