fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andrea Petkovic, Kiki Bertens , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andrea Petkovic, Kiki Bertens , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andrea Petkovic, Kiki Bertens , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/petkovic/0602_rolandgarros_vibra_grita_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/petkovic/0602_rolandgarros_vibra_grita_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Petkovic justifica fim de dancinha: 'Estou velha'
02/06/2014 às 13h30
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/petkovic/0602_rolandgarros_vibra_grita_int.jpg" title="Petkovic volta às quartas em Paris após três anos" />

Petkovic volta às quartas em Paris após três anos

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

"Não tenho mais vontade de dançar. Foi algo que começou a ficar forçado. Começou como uma aposta e porque eu ficava feliz após os jogos. Mas depois, eu jogava partidas ruins, não queria fazer isso, mas as pessoas vinham só me ver dançar. Elas pediam e eu não queria desapontá-las. Não era mais espontâneo. Eu também tinha 20 e poucos anos. Estou velha agora, mais perto dos 30. Não dá para dançar com essa idade (risos)."
Andrea Petkovic, que derrotou Kiki Bertens nas oitavas de final de Roland Garros

"Ainda acho que tenho um longo caminho (para voltar ao nível de 2011). Não sou consistente como era. Preciso aprender várias coisas e recuperar outras que se foram. Depois de todas as lesões, eu fiquei muito tempo parada. Você esquece muitas coisas. É um processo. Ainda não estou onde gostaria."
afirmou a alemã, que passou por duas cirurgias (tornozelo e joelho) e uma fratura nas costas entre 2012 e 2013

"Não fiquei surpresa, mas é sempre duro quando você é a favorita e todos esperam sua vitória quando a adversária é muito boa. Estou aliviada e feliz. É bom voltar às quartas de final."
analisou Petkovic, que também esteve nas quartas em Paris em 2011

"Fiquei aliviada de ter me recuperado após ter 4/2 no terceiro, porque joguei de forma muito passiva. Não estava indo para as bolas, só esperando ela errar. Mas ela é muito boa para isso. Depois do 5/4, decidi que precisava ser agressiva, porque ninguém te dará quartas de final porque você é legal (risos). É preciso conquistar."
explicou a número 27 do mundo, adversária de Sara Errani na próxima rodada

"Tenho dois autores favoritos: o Goethe, que é o maior gênio das palavras para mim. David Foster Wallace é outro que comecei a ler recentemente e estou encantada por ele. Dos filósofos, o Friedrich Nietzsche é um que me impressionou muito. Não concordo com tudo que ele disse e é muito triste, mas ele era bom. Também gosto dos existencialistas franceses. Leio muito Sartre e Camus."
revelou Petkovic, apreciadora de Literatura e Filosofia

Últimas notícias
Comentários