fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Agnieszka Radwanska, Alja Tomljanovic , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Agnieszka Radwanska, Alja Tomljanovic , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Agnieszka Radwanska, Alja Tomljanovic , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/radwanska/0530_rolandgarros_reclama_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/radwanska/0530_rolandgarros_reclama_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Radwanska diz que pressão não afetou desempenho
30/05/2014 às 12h24
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/radwanska/0530_rolandgarros_reclama_int.jpg" title="Radwanska perdeu outra chance de ganhar 1º Slam" />

Radwanska perdeu outra chance de ganhar 1º Slam

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) – Agnieszka Radwanska foi mais uma cabeça de chave eliminada precocemente em Roland Garros, ao perder em sets diretos para a croata Alja Tomljanovic. A número 3 do mundo garantiu que a pressão de ser a principal favorita, após as quedas de Serena Williams e Na Li, não foi responsável por seu desempenho ruim.

“O fato de as cabeças 1 e 2 terem perdido não significa que a terceira vai ganhar. É estúpido dizer isso. Sempre há uma chance, não importa a chave. Se você joga bem e faz as coisas certas, você será campeã, independentemente do resto. Eu só não joguei bem hoje mesmo”, afirmou Radwanska.

A polonesa já enfrentou situação parecida em Wimbledon na última temporada. Ela era a única top 10 nas semifinais do torneio, mas não aproveitou a chance de conquistar seu primeiro Slam. A sua melhor campanha nesta categoria de torneios foi em Londres, mas em 2012, quando ficou com o vice-campeonato.

“Acho que não foi um bom dia para mim. Comecei muito devagar e de repente estava 5/1. Tentei voltar, mas não deu certo. Ela jogou muito bem. Tive oportunidade, mas não as aproveitei, isso me custou o jogo. Ela saca muito bem e tem bolas pesadas, isso ajudou. Sabe se movimentar, variar o jogo”, analisou Radwanska, que nunca ‘brilhou’ em Roland Garros.

Tomljanovic comemorou a vitória, mas não quer se deslumbrar e perder o foco. “Estou na segunda semana e estou feliz, mas não quero ficar feliz demais também. Agora que as principais cabeças estão fora, sinto que pode ser a minha chance e posso vencer as outras jogadoras. Eu sentia que poderia ganhar e vimos isso em quadra”, declarou a croata, que enfrenta a espanhola Carla Suárez Navarro nas oitavas.

Últimas notícias
Comentários