fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Radek Stepanek, Tomas Berdych, Dusan Lajovic, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Radek Stepanek, Tomas Berdych, Dusan Lajovic, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Radek Stepanek, Tomas Berdych, Dusan Lajovic, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/djokovic/1115_davis_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/djokovic/1115_davis_back_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Djokovic vence em três sets e põe Sérvia na frente
15/11/2013 às 15h20
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/djokovic/1115_davis_back_int.jpg" title="Djokovic conquistou 23ª vitória consecutiva no circuito" />

Djokovic conquistou 23ª vitória consecutiva no circuito

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Belgrado (Sérvia) - A Sérvia conquistou o primeiro ponto na decisão da Copa Davis nesta sexta-feira com Novak Djokovic. O número 2 do mundo derrotou o tcheco Radek Stepanek com parciais de 7/5, 6/1 e 6/4 no piso sintético da arena de Belgrado. No segundo jogo do dia, Tomas Berdych tentará confirmar o favoritismo diante do sérvio Dusan Lajovic.

A vitória de Djokovic vale muito para a Sérvia, já que o segundo jogador do país não figura entre os 100 melhores do mundo. Lajovic está substituindo Janko Tipsarevic, que ainda não se recuperou de uma lesão no tornozelo. Viktor Troicki não pode jogar, já que continua cumprindo suspensão por não ter feito um teste antidoping de sangue em Monte Carlo.

A Sérvia tenta o segundo título na Davis, após 2010, e a República Tcheca busca o tricampeonato (os triunfos anteriores foram em 1980 e 2012). Os dois países estiveram frente a frente duas vezes no torneio, com uma vitória para cada. Ao contrário da última temporada, os sérvios escolheram o piso duro e não o saibro para o duelo.

Djokovic começou a partida trocando muitas bolas de fundo com Stepanek, que não subiu à rede com tanta frequência. O sérvio abriu 4/2 e teve que salvar três break-points no game seguinte. Porém, servindo em 5/3, Djokovic teve o saque quebrado e Stepanek empatou. O tcheco não precisava confirmar um serviço para ir ao tiebreak, mas o número 2 pressionou e quebrou de novo, fechando a parcial.

Stepanek caiu consideravelmente de rendimento no segundo set e disparou erros não-forçados, 22, contra apenas seis de Djokovic. O tcheco melhorou no terceiro e segurou a partida até 4/4, mas a torcida sérvia fez a sua parte, aumentando o volume e incentivando seu jogador. Djokovic conquistou a quebra e finalizou o jogo.

A série invicta de Djokovic segue intacta desde o US Open e o sérvio já acumula 23 vitórias consecutivas. Ele foi campeão em Pequim, Xangai, Paris e no ATP Finals de Londres. Porém, a maior sequência de triunfos de sua carreira foi da final da Davis em 2010 até Roland Garros de 2011: 43 vitórias seguidas. Na Davis, Djokovic não perde desde 2011, quando precisou abandonar a partida contra Juan Martín del Potro na semifinal por lesão nas costas.

Últimas notícias
Comentários