fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray tênis" />
Notícias | Top Spin
Murray revela tremedeira na final de Wimbledon
15/11/2013 às 10h27
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Andy Murray lançou recentemente sua autobiografia, "Setenta e Sete", e esteve no 'talk-show' do britânico Jonathan Ross para promovê-la. O número 4 do mundo confessou que passou por maus momentos durante o último game da final de Wimbledon contra Novak Djokovic.

"Eu estava me 'cagando'", afirmou Murray, arrancando risos da plateia. O britânico relembrou como teve 40-0 no último game, permitiu o iguais e precisou salvar break-points. "Geralmente sinto nervosismo nas minhas pernas. Mas foi a primeira vez que meu braço estava tremendo", disse Murray.

Ele também afirmou que seu tênis melhorou após a derrota em 2012 porque ele aceitou a possibilidade de nunca conseguir o título. "Depois de perder Wimbledon ano passado, eu achei que talvez nunca mais fosse ganhar um Slam. Por anos, eu imaginava que chegaria a minha hora inevitavelmente. Mas quando eu me dei conta de que talvez não aconteceria, eu tirei pressão de mim mesmo e comecei a jogar melhor", comentou.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis