fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Copa Davis, ITF, Tunísia, Malek Jaziri, Amir WeintraubCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Copa Davis, ITF, Tunísia, Malek Jaziri, Amir WeintraubCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Copa Davis, ITF, Tunísia, Malek Jaziri, Amir Weintraubtênis" />
Notícias | Copa Davis
ITF suspende a Tunísia por um ano da Copa Davis
02/11/2013 às 11h59
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Cagliari (Itália) - A comissão dirigente da ITF achou que a Federação Tunisiana de Tênis quebrou uma das regras da entidade ao interferir em um jogo no qual o tunisiano Malek Jaziri foi forçado a não entrar em quadra para enfrentar o israelense Amir Weintraub no challenger de Tashkent, em outubro deste ano.

Em uma reunião em Cagliari, onde está sendo disputada a final da Fed Cup neste fim de semana, a ITF não se mostrou satisfeita com a atitude tomada pela Federação Tunisiana de Tênis e por isso resolveu suspender o país da Copa Davis em 2014. A decisão foi unanime, já que o representante tunisiano se recusou a votar.

Segundo as regras da ITF, a entidade e seus membros devem preservar a integridade e a esportividade do tênis e por isso devem repreender qualquer tipo de discriminação em razão de cor, raça, nacionalidade, origem étnica, idade, sexo ou religião.

"Não há espaço para o qualquer tipo de preconceito no esporte e em nossa sociedade", declarou o presidente da ITF Francisco Ricci Bitti. "A comissão da ITF decidiu mandar uma forte mensagem à Federação Tunisiana de Tênis que esse tipo de atitude não será tolerada. A suspensão é uma boa lição para que isso não se repita", complementou.

Comentários