fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Lukas Rosol, Evgeny Korolev, Radek Stepanek, Copa Davis, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Lukas Rosol, Evgeny Korolev, Radek Stepanek, Copa Davis, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Lukas Rosol, Evgeny Korolev, Radek Stepanek, Copa Davis, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/copa_davis/rosol_abracanavratil_cazaquistao_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/copa_davis/rosol_abracanavratil_cazaquistao_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Rosol ganha de novo e dá vaga para os tchecos
07/04/2013 às 09h33
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/copa_davis/rosol_abracanavratil_cazaquistao_int.jpg" title="Rosol comemora classificação com capitão Jaroslav Navratil" />

Rosol comemora classificação com capitão Jaroslav Navratil

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Astana (Cazaquistão) - Lukas Rosol, que ganhou fama ao derrotar o espanhol Rafael Nadal na grama de Wimbledon no ano passado, voltou a se destacar no circuito, desta vez sobre o saibro. O número 63 do mundo entrou no time da Copa Davis com a contusão de Tomas Berdych e a má forma física de Radek Stepanek e garantiu dois pontos nos jogos de simples que foram fundamentais para levar os atuais campeões a mais uma semifinal.

Rosol marcou na manhã deste domingo o terceiro e decisivo ponto como apertada vitória em cima de Evgeny Korolev - escalado à última hora no lugar de Mikhail Kukushkin -, anotando 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7-5), 6/7 (2-7), 7/6 (7-5) e 6/2. O tcheco anotou 31 aces, mas chegou a estar uma quebra atrás no terceiro set. A partida durou 3h34. Rosol ganhou todos os quatro jogos que fez na Davis sobre o saibro.

A República Tcheca chega assim a sua sétima vitória consecutiva na Davis. Mesmo atuando fora de casa e no piso de terra, Rosol e Jan Hajek conseguiram ganhar as duas partidas de simples da sexta-feira em cima de Kukushkin e Yuriy Suchkin, mas perderam a dupla de sábado mesmo com a entrada de Stepanek, que jogou ao lado de Hajek.

Esta é a quarta vez em cinco anos que os tchecos estão pelo menos na semifinal do Grupo Mundial da competição por países. O time do capitão Jaroslav Navratil aguarda agora o adversário. Se a Argentina vencer, jogará em casa e poderá escolher o piso. No caso de a França reagir e ganhar em Buenos Aires, será visitante.

Últimas notícias
Comentários