fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Beatriz Haddad Maia Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Beatriz Haddad Maia Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Beatriz Haddad Maia tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/juvenil_brasileiras/bia_gerdau_cumprimenta_russa_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/juvenil_brasileiras/bia_gerdau_cumprimenta_russa_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Bia leva virada na final dos 18 da Copa Gerdau
24/03/2013 às 13h57
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/juvenil_brasileiras/bia_gerdau_cumprimenta_russa_int.jpg" title="Bia Haddad ficou com vice pelo segundo ano " />

Bia Haddad ficou com vice pelo segundo ano

Foto: Marcelo Ruschel/POA Press
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Porto Alegre (RS) - A russa Varvara Flink, cabeça de chave 2, conquistou neste domingo o título feminino dos 18 anos da Copa Gerdau. A jogadora de 16 anos venceu a paulista Beatriz Haddad Maia de virada, com parciais de 1/6, 6/2 e 6/1, em 2h10 de confronto.

Flink comemorou basntante a conquista. "Este é o título mais importante da minha vida. Comecei a partida nervosa e até pressionada pela presença do público favorável a ela. Cheguei a me sentir desconfortável. Mas depois do primeiro set, consegui me focar somente na quadra e desenvolver o meu jogo", completou.

Bia, por sua vez, não escondeu sua decepção por perder na final dos 18 anos do torneio pelo segundo ano consecutivo. A brasileira de 16 anos admitiu o nervosismo. "Eu me senti muito mais pressionada do que em outros jogos. Quem já disputou uma final de um grande torneio como este sabe que a pressão é muito maior", confessou a paulista.

A tenista da casa fez um ótimo primeiro set, abrindo vantagem de 5/0 e, depois, fechando em 6/1. Flink, porém, não se deixou intimidar e reagiu, marcando 6/2 na segunda série. No set decisivo, Flink alcançou bom aproveitamento em seu primeiro serviço, tanto que marcou três aces no game que lhe deu a vantagem de 5/0. No sexto game, Bia chegou a salvar um match point. Mas a russa dominava e conquistou a vitória e o título no game seguinte, também com um ace.

Tanto Varvara Flink como Bia Haddad Maia planejam mesclar os principais torneios do circuito juvenil, como os Grand Slam de Roland Garros e de Wimbledon, com competições no circuito profissional. As duas programam disputar o Future em Ribeirão Preto, com premiação de US$ 10 mil, que se inicia nesta segunda-feira. Bia adianta que planeja embarcar no dia 2 de abril para a Turquia.

O Brasil segue sem conquistar um título nos 18 anos femininos do torneio desde 1996, quando a gaúcha Miriam D´Agostini sagrou-se campeã.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Wilson
Fisiotenis
Paulistana