fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Radek Stepanek, Tomas Berdych, Nicolas Almagro, Copa DavisCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Radek Stepanek, Tomas Berdych, Nicolas Almagro, Copa DavisCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Radek Stepanek, Tomas Berdych, Nicolas Almagro, Copa Davistênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/ferrer/1116_davis_voleio_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/ferrer/1116_davis_voleio_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Ferrer se aplica e dá primeiro ponto à Espanha
16/11/2012 às 16h09
Publicidade
Publicidade
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Praga (República Tcheca) - David Ferrer assumiu o comando do time espanhol da Copa Davis e continua cumprindo à risca seu trabalho. Grande nome na vitória sobre os Estados Unidos na semifinal de julho, ele também abriu com sucesso a decisão da Copa Davis diante da República Tcheca, mesmo em piso sintético coberto e contra a torcida.

O número 5 do mundo manteve o favoritismo e despachou o tcheco Radek Stepanek, que vem de contusão, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/4, em partida que durou 2h58. Em seguida, Tomas Berdych tenta igualar o placar para o time da casa diante de Nicolás Almagro.

Esta foi a 21ª vitória de Ferrer desde que entrou para o time da Davis, em 2006. Até hoje, ele sófreu apenas quatro derrotas, duas no piso sintético e duas no tapete. Sua última derrota aconteceu nas quartas de final de 2010, diante do francês Gael Monfils. Desde então, foram nove resultados positivos consecutivos.

Na partida desta sexta-feira, Ferrer encarou o já esperado estilo agressivo do veterano Stepanek, que procurou ir sempre à rede, inclusive atrás do primeiro saque. Mas o espanhol esteve muito firme no fundo de quadra e poderia ter liquidado a partida com maior facilidade. No segundo set, abriu 3/1, mas permitiu igualdade por 4/4 antes de fechar a série.

Na terceira série, também obteve quebra prematura, porém precisou lutar contra break-points no quinto game. Aí perdeu a primeira chance de fechar, no oitavo game, concluindo mais tarde em momento tenso. Stepanek ganhou apenas 58% das 57 subidas à rede, cometendo 43 erros contra 24 do adversário.

A Espanha busca seu sexto troféu na Davis e o quarto desde 2008, enquanto os tchecos tentam o primeiro, já que perderam a final de 2009 para a própria Espanha (como Tchecoslováquia, o time foi campeão em 1980). No histórico entre os dois países, os espanhóis lideram por 4 a 2, tendo vencido as três mais recentes. A última derrota aconteceu em 1971, fora de casa.

Comentários