Notícias > Dia a dia
A-  A+
Título de Slam e número 1 são metas de Sharapova
05/05/2012 às 10h49

Madri (Espanha) - Uma das atletas mais midiáticas do circuito, a russa Maria Sharapova tem desfrutado mais de suas vitórias no retorno às quadras depois de ficar quase um ano parada por conta de uma grave lesão no ombro. A musa siberiana ainda tem sonhos no circuito e vê com mesmos olhos a chance de ser novamente a número 1 do mundo e ganhar outro título de Grand Slam.

Em entrevista ao jornal espanhol Marca, a atual vice-líder da WTA fez uma avaliação positiva de seu início de temporada, período no qual foi a três finais e levantou um título. "Acho que comecei bem. Fazer a final na Austrália serviu para aumentar a minha confiança e os resultados foram acompanhando", comentou Sharapova, que tenta manter o embalo.

"Agora vem a parte mais dura da temporada. Temos Madri, Roma, Roland Garros, Wimbledon e os Jogos Olímpicos, são muitos torneios importantes em um curto espaço de tempo. O mais importante é me manter saudável e encarar o que vier com otimismo", declarou a russa. Para ela, voltar à ponta do ranking não é uma obsessão, mas sim apenas uma meta.

"Qualquer coisa é possível, no ano passado já estive próxima, mas uma lesão no joelho me deixou de fora do circuito e não pude disputar alguns torneios importantes, nos quais poderia ter somado os pontos necessários", disse Sharapova. Atualmente, apenas 740 pontos a separam da bielorrussa Victoria Azarenka, atual número 1 do mundo.

Vice-campeã em Wimbledon, no ano passado, a russa falou sobre a possibilidade de voltar a triunfar em um Slam. "Seria tão bom vencer um Grand Slam como ser número 1. Ainda me restam muitos sonhos a cumprir. O mais importante é que depois de minha operação no ombro (em 2008) consegui voltar a jogar o meu melhor. Durante um tempo eu duvidei que poderia fazê-lo", revelou.

comentariosCOMENTÁRIOS