Notícias | Dia a dia | Australian Open
Stepanek (de frente) comemora título com Paes
28/01/2012 às 10h42

Stepanek (de frente) comemora título com Paes

Foto: Site oficial

Melbourne (Austrália) - Finalmente, o indiano Leander Paes conquistou o único troféu de Grand Slam que faltava a sua fantástica carreira de duplista. Ele se juntou pela quarta vez ao tcheco Radek Stepanek e ambos mostraram incrível entrosamento durante a semana.

Na decisão deste sábado, a última e maior das surpresas: eles derrotaram os irmãos Bob e Mike Bryan, por 7/6 (7-1) e 6/2, impedindo que os gêmeos norte-americanos atingissem o recorde histórico de 12 títulos de Grand Slam.

Paes e Stepanek são dois veteranos do circuito, porém não jogavam juntos há seis anos até decidirem se juntar no torneio de Sydney há três semanas. O indiano também está na final de duplas mistas ao lado da russa Elena Vesnina. Os dois enfrentam no domingo Bethanie Mattek-Sands e Horia Tecau.

Este foi o sétimo troféu de Grand Slam para Paes, de 38 anos, que havia perdido três decisões na Austrália, incluindo a do ano passado com Mahesh Bhupathi. Ele é tri em Roland Garros, bi no US Open e um em Wimbledon. Já o tcheco jogou sua segunda final de Slam, quase 10 anos depois do vice no US Open de 2002.

Aos 33 anos, os Bryan tentavam superar definitivamente o dueto australiano formado por Mark Woodforde e Todd Woodbridge, que também ganharam 11 vezes os grandes torneios. O Australian Open tem sido justamente o local de maior sucesso para os gêmeos, com seis conquistas.

Comentários