Instrução | Infantil
Combinar os golpes do fundo: quanto antes, melhor!
Por Suzana Silva
24/03/2008 às 14h20
instrucao/fotos_destaques/garota_aula_int_instr.jpg

Neste quarto artigo da série sobre tênis infantil, damos dicas de jogos simples e divertidos que podem ser realizados entre pais e filhos ou entre professores e alunos para facilitar a troca de empunhaduras e de posicionamentos para os golpes do fundo.

Como você viu no artigo anterior, os tenistas profissionais defendem dois terços da quadra com seu golpe dominante, o forehand, passando a maior parte do tempo desferindo golpes à partir deste lado. Mas é claro que ninguém quer ficar vulnerável: é super importante aprender a bater bem do lado não dominante, o backhand.

Sete pontos capitais:
1. A dificuldade apresentada por crianças pequenas de distinguirem os lados direito e esquerdo do corpo e a confusão que as nomenclaturas "direita" e "esquerda" podem gerar para alunos principiantes canhotos é minimizada quando o professor ou pai que orienta utiliza as nomenclaturas forehand e backhand desde o começo.

2. A maneira de segurar a raquete para o forehand e o backhand muda. Este é um dos principais desafios de quem orienta crianças e principiantes. Devemos ficar alertas para que durante o golpe, punho e antebraço estejam bem alinhados, para prevenir lesões futuras. Já existem no mercado raquetes com cabos coloridos que aceleram este aprendizado.

3. Uma maneira segura de estabelecer se o seu filho é destro ou canhoto para o tênis é pedir que arremesse bolas com uma mão por cima da cabeça. A mão mais firme no arremesso é a que ele usará para empunhar a raquete para o saque e para o forehand.

4. É também importante que a raquete seja empunhada no começo do cabo. Segurar pela garganta da raquete significa raquete grande ou pesada demais para a criança.

5.As crianças adoram o desafio de conseguir rebater bolas vindo para os dois lados do corpo! No pré-tênis, ou seja, em atividades com bolas e raquetes feitas com crianças menores de 5 anos, os pais podem estimular os dois lados do corpo e ajudar esta definição de lateralidade com bexigas, bolas de espuma e até bolas plásticas grandes. Ao lançar bolas leves, você pode pedir para a criança rebater com a palma ou com as costas da mão, não vai machucar!

6. Estimule a criança a usar os apoios cruzados no início do aprendizado dos golpes, ou seja: para bater do lado direito, perna esquerda de apoio à frente; para bater do lado esquerdo, perna direita à frente. O tênis atual está muito rápido e vemos os tenistas usando posicionamento aberto - pernas paralelas, giro de tronco - para rebater a todo momento. Mas é importante que o iniciante sinta o que significa transferência de peso durante o golpe.

7. Para isso, inicialmente lance as bolas próximas ao corpo e com tempo de posicionamento, para que o movimento de transferência de peso seja assimilado.

E para jogar, temos quatro idéias geniais.
5, 6, 7 anos. Você pode estimular os dois lados do corpo de seu filho e suas habilidades de lançar e rebater com este jogo chamado BASQUETÊNIS. Coloque dois arcos no chão, distantes entre si mais ou menos 2 metros. Há o lançador e o rebatedor, que ficam frente a frente com os dois arcos entre eles: o lançador marca ponto quando acerta a bola dentro do arco, o rebatedor marca ponto quando consegue rebater a bola de volta para o lançador. Quando houver quatro participantes, cada dupla forma uma equipe, marcando pontos de lançamentos e rebatidas.
FACILITANDO: a distância entre os arcos pode ser menor; lançador e rebatedor ficam bem próximos; lançador lança várias bolas para o arco da direita, depois várias bolas para o arco da esquerda.
DIFICULTANDO: aumente a distância entre os arcos e entre os jogadores; lance uma bola para cada lado, aumentando a velocidade; alterne as direções, inclusive com contrapés.
DICA: este jogo pega fogo quando feito em equipes!

8, 9, 10 anos: Se o seu filho já brincou anteriormente de tênis, nesta fase vai conseguir combinar deslocamentos com as rebatidas. Experimente este jogo chamado SALTA E REBATE: prenda um elástico (pode ser daqueles brancos, encontrados em lojas de armarinho) da tela do fundo até a rede, na altura do calcanhar das crianças, dividindo a quadra em duas metades, no sentido do comprimento. Lance bolas dos dois lados do elástico, com a mão, uma para a esquerda, outra para a direita, outra para a esquerda...A criança vai rebater um backhand, saltar, rebater um forehand, saltar, e assim sucessivamente, até errar.
FACILITANDO: abaixe a altura da rede e lance a bola mais próxima da criança.
DIFICULTANDO: lance a bola cada vez mais longe da criança, com a raquete, e cada vez mais rápido.
DICA: vocês podem contar pontos cada vez que a criança conseguir rebater a bola por cima da rede e estabelecer recordes de acertos, ou, a partir das duas primeiras rebatidas bem sucedidas, disputar um ponto no quadradinho.

10, 11, 12 anos: a criança já deve conseguir se deslocar melhor e controlar direção e profundidade. Neste momento, se recuperar rapidamente depois de rebater de um lado da quadra para a próxima bola é super importante! Use o jogo do SALVE-SE QUEM PUDER: rebata a primeira bola para o backhand, bem junto à linha lateral de simples, e quando a bola quicar do seu lado da quadra, lance a bola para o forehand bem perto da linha lateral também. A partir daí, comece um ponto normal. Ela deve começar a pensar que tipo de bola usar numa situação de emergência para ganhar tempo de se recuperar! Jogue um game com revanche.
FACILITANDO: se ela for pequena, pode fazer este jogo no quadradinho.
DIFICULTANDO: se a criança for experiente, além de correr e rebater, coloque alvos de profundidade ou de angulação no seu lado da quadra.

13 anos em diante: é importante, nesta idade, saber identificar oportunidades para fazer o adversário correr, combinando bolas fundas com bolas anguladas. Coloque no seu lado da quadra um alvo de profundidade cruzado para o backhand e um alvo angulado cruzado para o forehand. Dispute um game com revanche com seu filho ou aluno, iniciando o ponto quando ele acertar as duas bolas nos alvos que você desenhou.
FACILITANDO: aumente os tamanhos das áreas alvo.
DIFICULTANDO: se errar a primeira, já perde o ponto.
DICA: tampinhas de tubos de bolas alinhados são úteis para desenhar os alvos!

Você tem mais perguntas? Nós temos muitas respostas e mais perguntas...
O e-mail da Suzana é contato@suzanasilvapromocoes.com.br, fique à vontade.

Suzana Silva Promoções/Caminhos divertidos para o bem estar
Nossa bola oficial é Wilson
(11) 3167-7863

contato@suzanasilvapromocoes.com.br
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis