Instrução | Equipamento
Conheça as raquetes mais aguardadas de 2015
Por Fabrizio Tivolli
14/02/2015 às 20h55
instrucao/equipamento/federer_ausopen_rack_wilson.jpg

Nova linha de raquetes de Federer chama atenção.


Foto: Site do Australian Open

Olá amigos! Fevereiro ficará marcado no calendário do tênis nacional não apenas por termos consecutivamente os dois maiores eventos ATP por aqui, mas também pela chegada ao Brasil de três dos modelos de raquetes mais aguardados e comentados do mercado mundial! Na iminência dessa chegada, que ocorrerá nos próximos dias, e sabendo que muitos de vocês estão adiando a troca de suas raquetes justamente por alguns desses modelos, resolvi escrever esta nova matéria para auxiliar você que pretende fazer um upgrade no equipamento com o que há de melhor e mais novo. 

Wilson Pro Staff 97: Vamos começar com a nova linha de raquetes de Roger Federer, que é sem dúvida a linha que mais vem gerando curiosidade nos aficcionados por novidades. O suíço, após mudar de raquete, teve uma subida surpreendente em seu jogo e consequentemente no ranking, pois trata-se de uma raquete mais veloz e aumenta a capacidade de resposta do golpe do jogador. Federer notou que, com o jogo de hoje sendo muito rápido, precisaria de uma raquete que expandisse o leque de opções, ou seja, uma raquete mais "fácil" de domar durante a partida. Por isso, Roger, em conjunto com os engenheiros da Wilson, desenvolveu uma nova configuração de raquete, aumentando a cabeça, diminuindo o peso e oferecendo um balanço mais equilibrado. 

A fim de  complementar a linha Pro Staff 97 de Federer, que usa o modelo "Autograph", e oferecer um modelo para cada estilo de batida, a Wilson trouxe ao país mais dois modelos: a Pro Staff 97 e a Pro Staff 97LS. Todas elas são raquetes firmes e que oferecem controle e ótima sensibilidade de batida. Ambas têm a cosmética muito semelhante.

Babolat Pure Drive 2015: Novíssima versão de um dos modelos mais consagrados e versáteis da história do tênis, a Babolat Pure Drive já esteve nas mãos de diversos campeões de grandes torneios e é adequada para os mais variados estilos de jogos e batidas, seja de amadores ou não. Ideal para tenistas que jogam na linha de base, de swing médio para longo moderado, que prefiram uma raquete com pouquíssimas vibrações e ótima área de batida. Após muitos estudos, a Babolat sutilmente aproximou os grommets (furações) nas áreas de 3 e 12 horas da cabeça da raquete, o que ajuda a expandir o controle e melhorar o spin, com uma ótima sensibilidade de batida.

A Babolat trouxe ao Brasil, quatro modelos da nova linha, com pesos, equilíbrios e estilos de jogo diferentes, mas certamente seu jogo se encaixará em uma das raquetes da família Pure Drive. Ambas têm cosméticas muito semelhantes e oferecem grande conforto, característica essa muito conhecida dos que usam essa raquete há gerações, possibilitada pelo filtro de vibrações entre a cabeça e cabo (Cortex system) e os materiais (Grafite e Tungstênio).

Head Youtek Graphene XT Speed: A fabricante de raquetes do atual número 1 do mundo Novak Djokovic vem com uma completa linha na família Speed, oferecendo modelos mais leves (Lite), médios (MP) e mais pesados (Pro). A linha completa ainda não se encontra disponível no Brasil, mas muito em breve a primeira parte chegará com o modelo Mid Plus (MP), que tem peso médio e distribuição de peso equilibrada, sendo a mais versátil da linha. Além de oferecer a firmeza e controle, que fideliza os amantes da marca austríaca, esse modelo vem com uma inovação: a mesma raquete recebe dois diferentes padrões de encordoamento no mesmo aro. A raquete acompanha dois jogos diferentes de furação, que podem ser substituídos de acordo com o que o tenista prioriza, ou seja, um padrão mais aberto oferecerá maior spin e potência, enquanto um padrão mais fechado, oferecerá maior firmeza e controle. Ainda não há maiores informações sobre o restante da linha, mas muito em breve quando a raquete definitivamente chegar (o que ocorrerá ainda no mês de fevereiro), teremos mais dados! Toda a linha se mantém com o consagrado material "Graphene", que oferece ótima firmeza com pouca vibração. Certamente será mais um grande sucesso que já se demonstrou eficiente, vide a ótima performance de Djokovic, campeão do Aberto da Austrália no mês passado, empunhando o novo modelo! 

Na próxima matéria, comentarei sobre os melhores equipamentos do mercado para prevenir/colaborar com as lesões de tênis elbow e ombro, que muitas vezes são ocasionadas pela vibração gerada e transmitida por alguns equipamentos incompatíveis com seu jogo.

Grande abraço e até a próxima, muito tênis para nós durante o Brasil e Rio Open!

Um dos mais renomados especialistas em equipamentos para tênis do Brasil, com quase duas décadas de experiência. Encordoador oficial do Australian Open 2017; encordoador oficial do Brasil Open em 3 oportunidades além de outros torneios ATP nível Challenger. Certificado pelo francês Lucién Nogues durante a convenção Babolat Brasil. Esteve presente em Roland Garros 2017, convidado para acompanhar a sala de encordoamento do torneio e últimas tendências do circuíto. Autor de dezenas de matérias sobre equipamentos de tênis nos maiores veículos de comunicação do esporte. Proprietário e responsável pela área de tênis no grupo Tivolli Sports/Raquetemania, em Alphaville -SP.

fabrizio@raquetemania.com.br
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis