Instrução | Equipamento
Existem diferenças nos equipamentos femininos?
Por Fabrizio Tivolli
13/12/2013 às 10h51
instrucao/instrucao/roupa_feminina_babolat.jpg

Babolat tem linha exclusiva para o tênis feminino

Olá amigas e amigos que acompanham a área de instrução do Tênis Brasil! De alguns meses para cá, tenho acompanhado um crescimento no interesse do público feminino pelo tênis. Tanto crianças como adultas têm procurado mais o esporte e, além do público iniciante, tenho visto várias mulheres evoluindo seu patamar de jogo. Não é por menos que também vivemos nesse ano resultados profissionais no tênis feminino que não víamos há anos. Com base nessa nova realidade do tênis nacional, nos deparamos com perguntas como se existem diferenças ou algo exclusivo para mulheres. Vamos portanto explorar alguns pontos.

Primeiramente, não se pode generalizar afirmando que determinadas cordas ou raquetes sejam específicas para mulheres (isso é claro não entrando no mérito das roupas ou calçados, que aí sim tem linhas específicas e cada vez mais bem elaboradas para o público feminino), muito embora possamos afirmar que normalmente a maioria das mulheres, por uma questão natural de menor força quando comparada com os homens em geral, use equipamentos mais confortáveis.

No caso da raquete, são recomendáveis modelos mais leves e normalmente com cabos mais finos (esse último ponto, é de extrema importância para se levar em consideração). Isso se dá ao fato da estatura e do biotipo médios da mulher brasileira, ou seja, por aqui em geral as mulheres tendem a não bater muito forte. Precisam portanto de raquetes e cordas que ajudem a gerar potência na batida sem exigir tanto do braço.

No caso da empunhadura, é tão verdade que o público feminino tem obtido maior espaço no tênis que hoje algumas marcas de raquetes já trazem ao Brasil modelos com cabos mais finos: L1, que tem 4 polegadas e1/8, e até o L0, de 4 polegadas e 0/8). Em raquetes com mais peso; obviamente isso não se aplica, já que as mulheres com biotipo mais competitivo imprimem um ritmo de batida muito mais pesado, exigindo do equipamento outros atributos.

O essencial nesse caso é sempre ser instruída corretamente para montar um kit de encordoamento + raquete específicos para a faixa etária, biotipo e objetivos de cada tenista, o que é totalmente possívei graças às variantes que o mercado oferece hoje no país.

Ultimamente, também tem sido normal encontrarmos, além das roupas e calçados, raquetes e cordas com visual feminino, ou seja, com com detalhes roxos ou rosas. São equipamentos idênticos aos do mercado tradicional, mas com visual adaptado ao público feminino. A Babolat por exemplo trará uma linha exclusiva de produtos femininos em dois dos maiores torneios do mundo (Wimbledon e Roland Garros). Vamos aguardar!

Outros equipamentos de muita utilidade no mercado são acessórios como viseiras, prendedores de cabelo, suporte de bolas e overgrips. Vale dizer que todos esses itens têm cosméticas bem particulares, voltadas para as mulheres.

Para concluir, podemos dizer que existem sim diferenças entre os equipamentos de tênis masculinos e femininos, principalmente no aspecto visual, mas não podemos afirmar que todos esses itens são voltados para todos os níveis de jogadoras. Por isso. é sempre bom ter o aconselhamento de um profissional da área que saiba detectar as necessidades de cada tenista e assim utilizar melhor a grande variedade disponível de equipamento e acessórios.

Como sempre, em caso de maiores dúvidas, basta enviar um e-mail para o contato abaixo.

Grande abraço e até a próxima!

Um dos mais renomados especialistas em equipamentos para tênis do Brasil, com quase duas décadas de experiência. Encordoador oficial do Australian Open 2017; encordoador oficial do Brasil Open em 3 oportunidades além de outros torneios ATP nível Challenger. Certificado pelo francês Lucién Nogues durante a convenção Babolat Brasil. Esteve presente em Roland Garros 2017, convidado para acompanhar a sala de encordoamento do torneio e últimas tendências do circuíto. Autor de dezenas de matérias sobre equipamentos de tênis nos maiores veículos de comunicação do esporte. Proprietário e responsável pela área de tênis no grupo Tivolli Sports/Raquetemania, em Alphaville -SP.

fabrizio@raquetemania.com.br
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis