Instrução | Melhore seu jogo
Terminação correta ajuda a automatizar golpes
Por Gabe Jaramillo
05/09/2016 às 16h18

Melhore e aperfeiçoe suas habilidades nos golpes de fundo, com técnicas aprovadas e exercícios usados por campeões do passado e do presente. Estes exercícios simples que você pode usar todos os dias lhe oferecem uma maneira de melhorar seus golpes, dando-lhe mais consistência e poder, ao mesmo tempo que faz você parecer um profissional.

Concentrando e centrando-se sobre os fundamentos e princípios da terminação correta, o jogador torna-se mais consciente da mecânica dos golpes. Isso vai ajudá-lo a bater de forma mais eficaz, aumentando suas chances de colocar o adversário na defensiva para que possa participar ativamente na tomada de decisões em quadra. 

O que faz destes exercícios uma maneira única de melhorar é que você pode usá-los em todos os treinos, apenas sentindo o movimento e pensando nele até que se torne automático. Com este sistema, você pode praticar por sua conta, o que torna muito conveniente e acima de tudo divertido. 


EXERCÍCIO 1 

Objetivo:
1- Exagerar o final do forehand, prolongando;
2- Certifique-se que o cotovelo esteja mais alto que o ombro;
3- Palma aberta e as cordas apontando para fora;
4- Extremidade da raquete apontando para fora. 

Execução:
1- Lance a bola ou use uma bola em jogo;
2- Enquanto o jogador termina o golpe, ele precisa pegar a raquete com o mão oposta;
3- Certifique-se de que o cotovelo do braço que golpeia esteja mais alto que o ombro oposto;
4- O estudante precisa manter essa posição por dois segundos para dar ênfase à técnica apropriada.

Figura 1
A) O cabo da raquete já está pronado, a mão esquerda ou a mão não-dominante começa a mover-se para pegar a raquete;

Figura 2
A) A mão esquerda pega a raquete no fim do golpe, fazendo o cotovelo ficar mais alto e afastado do corpo;
B) A extremidade da raquete aponta para a quadra oposta;
C) Cordas voltadas para cima.

Figura 3
A) Cotovelo alto no fim do golpe;
B) A mão esquerda dá controle ao movimento;
C) A cabeça está parada e o quadril está aberto.


EXERCÍCIO 2

Objetivo:
1- Exagerar o término do backhand de duas mãos, prolongando;
2- Certificar-se de que os dois cotovelos estão altos e afastados dos ombros;
3- Palmas na direção oposta, cordas voltadas para cima;
4- Extremidade da raquete apontando para fora.

Execução:
1- Lançar uma bola ou usar uma bola em jogo;
2- Enquanto os jogadores terminam este prolongamento, a raquete deve terminar acima e ao redor do ombro;
3- Certifique-se de que as duas mãos permaneçam na raquete;
4- Os braços precisam estar erguidos e afastados do corpo;
5- Faça o jogador manter esta posição por dois segundos.

Figura 1
A) Boa extensão na terminação do golpe
B) Braços afastados do corpo.

Figura 2
A) Os braços estão relaxados e perpendiculares ao chão;
B) Braços afastados do corpo;
C) A extremidade da raquete aponta para a quadra oposta, ambos os punhos e palmas das duas mãos estão apontando para a direção contrária;
D) O queixo está acima do ombro esquerdo;
E) Cordas voltadas para cima.

Figura 3
A) A raquete continua a trajetória, os cotovelos permanecem elevados e afastados do corpo;
B) Nesta posição, a extremidade da raquete aponta para cima;
C) Os ombros estão de frente para a rede, o quadril  de frente;
E) Cabeça bem parada.


EXERCÍCIO 3

Objetivo:
1- Forçar a rotação total do ombro na terminação do golpe
2- Usando o ombro oposto, forte rotação, como guia para um golpe completo;
3- Usamos o mesmo princípio para os dois golpes, forehand e backhand.

Execução:
1- Lançar a bola ou usar bola em jogo;
2- Depois de golpear a bola, o jogador deve exagerar, deixando o ombro tocar o queixo sem baixar a cabeça
3- Mantenha a terminação por dois segundos;
4- Com este movimento, o jogador vai sentir a rotação forte e tranquila dos ombros.

Figura 1
A) A raquete já pronada, quadril e ombros estão girando.

Figura 2
A) A mão esquerda agarra a raquete, palma e cordas estão alinhadas
B) Queixo acima do ombro direito;
C) Boa rotação do quadril e do ombro.

Figura 3
A) Cotovelo direito está elevado e afastado do corpo;
B) A raquete termina em volta do pescoço;
C) Grande rotação do ombro direito, que termina a 45 graus, o ombro direito termina diante do ombro esquerdo. Este é o tênis moderno, em que os quadris e os ombros são mais explosivos.

Gabe Jaramillo treinou 8 jogadores que chegaram ao número 1 e 26 que figuraram no top 10, como Agassi, Courier, Sampras, Seles, Sharapova, Nishikori, Haas, Lisicki e André Sá, indo a todos os Grand Slam. Trabalhou com Nick Bolletieri de 1985 a 2009. Atualmente é diretor do Club Med Academies, na Flórida. Desenvolveu o Método de Treinamento Periodizado.
www.gabejaramillo.com

info@gabejaramillo.com
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis