Instrução | Melhore seu jogo
Como ter uma boa postura atlética
Por Gabe Jaramillo
27/01/2016 às 20h12

Uma boa postura atlética é essencial para ser capaz de jogar em alto nível. A maioria dos jogadores espera pela vinda da bolinha sem realmente ter consciência da posição de seu corpo, eles esperam com uma base estreita, pernas quase retas e muito acima do chão. 

Boa postura atlética é a base para a força explosiva do primeiro passo. Ficar perto do chão cria a correta tração que ajuda a gerar movimento. Os jogadores precisam de tração para acelerar e diminuir. Ela também é fundamental para o processo de preparação do golpe. 

Imagine a vantagem que você terá treinando 15 minutos, concentrando nestes exercícios específicos para melhorar sua consciência da base atlética adequada até que ela se torne automática. Você terá a posição de prontidão dos profissionais, permitindo a você se movimentar de forma mais explosiva e de preparar o golpe com mais força. 

Para os exercícios, nós usamos diferentes ferramentas, mas os exercícios são específicos para o tênis. Os treinadores precisam ter atenção para a idade, tamanho e força dos jogadores. 

 

VANTAGEM DE UMA POSIÇÃO DE RECEPÇÃO ADEQUADA

Pés mais largos que a largura dos ombros, isto dá ao jogador estabilidade.

A parte de cima do tronco ereta, tornando esta parte mais forte, sólida;

Peso do corpo está sobre as pontas dos pés, permitindo ao jogador mover-se mais rápido;

Braços relaxados e afastados do corpo, permitindo à raquete se movimentar livremente. 



Estando perto do chão ajuda o jogador a obter máxima tração.

Para movimentar a bola com velocidade, o jogador deve iniciar com máximo esforço de tração.

A tração é diretamente relacionada com a velocidade do jogador. 



Uma boa posição de prontidão permite ao jogador preparar os músculos e estabelecer uma posição forte antes de o adversário bater na bola.

Esta posição vai ajudar o jogador a manter o equilíbrio com controle do corpo e seu peso indo para a frente.

Os olhos ficam focados na bola de forma a que o jogador esteja pronto para reagir rapidamente. 

 

EXERCÍCIO 1

Objetivos
Tomar consciência da posição de prontidão (base atlética). 

Execução
a) Amarre uma cinta em torno da cintura do jogador;

b) Conecte a cinta a cada um dos tornozelos;

c) As cintas não devem ficar muito apertadas, elas servem para criar consciência;

d) Lance a bola para uma direita e uma esquerda;

d) Simplesmente deixe os jogadores executarem direitas e esquerdas. 

 

EXERCÍCIO 2

Objetivos
Fazer o jogador preparar os músculos, em uma posição forte, antes de se movimentar para a bola. 

Execução
a) Amarrar a cinta na cintura do jogador;

b) Amarre uma corda à cinta;

c) O treinador segura a cinta para criar resistência;

d) Lançar bolas para os dois lados, direita e esquerda. 

 

EXERCÍCIO 3

Objetivos
a) Ficar perto do chão para obter tração máxima;
b) Manter equilíbrio com controle sobre o corpo, com o peso indo para a frente. 

Execução
a) Mesmo procedimento do Exercício 2;

b) Lançar a bola a esmo, fazendo o jogador retornar ao meio da linha de base depois de cada golpe;

c) Lanças as bolas curtas e à longa distância.

Gabe Jaramillo treinou 8 jogadores que chegaram ao número 1 e 26 que figuraram no top 10, como Agassi, Courier, Sampras, Seles, Sharapova, Nishikori, Haas, Lisicki e André Sá, indo a todos os Grand Slam. Trabalhou com Nick Bolletieri de 1985 a 2009. Atualmente é diretor do Club Med Academies, na Flórida. Desenvolveu o Método de Treinamento Periodizado.

info@gabejaramillo.com
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis