Veja comentários de Nadal e Del Potro
Por José Nilton Dalcim
11 de julho de 2018 às 12:13

Nadal na semi! – Depois de sete anos, Nadal está de volta à semifinal de Wimbledon e o sonho do tri continua. Nem mesmo o game final foi fácil, Delpo vendeu caro cada ponto e cada game. Jogo de 4h48 de intensas emoções e lances espetaculares.
Emocionante –
Batalha de muita qualidade, os dois se esforçando ao máximo e usando todos seus recursos. Delpo teve pelo menos mais duas oportunidades de recuperar a quebra, ambos com o forehand, mas Nadal luta demais: 5/3 após 4h40.
Erro de Delpo –
Duas chances de quebra, e a primeira delas numa bola muito fácil, certamente irão custar caro para o argentino.
Nadal lidera: 3/2 –
Quebra em hora mais do que bem vinda para Nadal, que também escorregou duas vezes, mas numa delas ainda ganhou o ponto com erro do adversário. Delpo ainda tem pernas para reagir? Espanhol optou muito bem por ir o mais possível à rede.
Game sensacional – Nada de economizar energia. Nadal está muito mais inteiro e quer fazer o adversário se mexer, mas Delpo fez jogadas incríveis junto à rede, mergulhando um voleio. Logo depois, Rafa foi parar na arquibancada atrás de um lance. Torcida aplaude sem parar: 2/1 Delpo.
Vamos ao quinto set –
Muito esperto, Nadal encurtou o tempo de reação de Delpo nos últimos games, incluindo perfeita transição à rede, e a decisão vai ao quinto set. Na teoria, espanhol tem mais pernas.
Sacando para o set –
Delpo escorregou de novo, Nadal confirmou saque e teve dois set-points, que Delpo salvou com o forehand. Espanhol saca com 5/4.
4/3 –
Nadal usou excelentes bolas baixas para tirar equilíbrio de Delpo e conservar o saque, que obviamente é o que importa a partir de agora. Espanhol pode apostar mais nessas deixadinhas.
Quebra de Nadal –
Delpo não cumpriu a meta e, além de sacar mal, ainda levou três escorregões praticamente seguidos. Nadal aproveitou, obteve a quebra e se anima.
Pressão –
Com a vantagem de sair sacando no quarto set, Delpo precisa cuidar ao máximo do saque. Isso o manterá na frente do placar e pode colocar pressão cada vez maior no espanhol. Por enquanto, fez tudo certo e tem 2/1.
Delpo quebra e lidera –
Outra vez na hora da decisão, Nadal não joga bem. Delpo devolveu profundo, depois ganhou um voleio errado de presente e em seguida um smash fácil. Aí concluiu a quebra com seu notável forehand e vira o placar.
Igualdade continua: 4/4
– Momento bem interessante da partida, já que os dois tenistas se mantém firme mental e fisicamente, sem abrir buracos ao adversário. Destaque para os 100% de pontos vencidos com o segundo saque para Rafa neste set.
Enquanto isso, na Quadra 1, mais um tiebreak entre Isner e Raonic, com vitória do canadense. Ele aliás já pediu atendimento e enfaixou a coxa direita.

Tudo igual: 2/2 –
Começo de terceiro set sem sustos para os sacadores. Nadal até saiu de 0-15 nesse quarto game e a bola seguinte beliscou a linha.
Nadal vacila –
E desta vez foi o espanhol quem falhou feio. Abriu bem o tiebreak, teve três sets points e na hora ‘h’ cometeu dupla falta no meio da rede. Na única chance que teve, Delpo conseguiu devolver saque, disparar dois forehands e ainda dar sorte com toque na fita.
Tiebreak –
Del Potro fez outro game muito irregular e só se salvou quando encaixou ‘bombas’ de primeiro saque. Tiebreak parece ser sua última chance na partida.
Dupla falta –
Del Potro não aproveita a chance de fechar o set. Além de não sacar bem, ainda fez dupla falta para oferecer a quebra. Aí é pedir demais: 5/5
Quebra –
Momento inesperado na reta final do segundo set, porque Nadal cometeu três erros não forçados da base que deram a quebra a Del Potro. Argentino pode tirar primeiro set de Nadal no torneio.
Firmeza –
Nadal continua muito firme com o saque a favor, como tem acontecido ao longo do torneio. Apenas três pontos de saque perdidos até agora.
Desespero –
Cena curiosa mostra Delpo a balançar a cabeça ao ver Nadal disparar mais uma bola incrível. Mas o argentino conseguiu manter o saque.
Nadal na frente –
Na hora certa, Nadal elevou o nível de suas devoluções, colocou Delpo para correr e fecha um importante primeiro set. Argentino vai ter de arriscar ainda mais se quiser se manter competitivo.
Bom set –
Definição caminha para o tiebreak. Os dois estão fieis a seus padrões. Nadal está muito firme no saque e vai para cima em qualquer bola mais curta.
Delpo escapa –
Grande chance para Nadal já tomar vantagem na partida. Abriu 15-40, mas o argentino achou o saque na hora certa e reagiu. Só resta a Del Potro atacar.
Mais erros de Rafa –
Nadal já cometeu quatro erros não forçados em cinco games, algo pouco usual no torneio até agora. Ainda assim, games de saque foram sem sustos.
Nadal lidera 2/1
– Del Potro afirmou que usaria o mínimo de slices contra Nadal, mas não está fiel à ideia e essa bola não machuca nada o espanhol, ainda mais porque vem no seu forehand.


Comentários
  1. Gabi

    Luiz Fernandoooo,

    hj era dia de vc estar em Londres para ver a dobradinha perfeita: a derrota do RF e a vitória do RN!
    Mas mesmo de longe estamos vendo, torcendo e muito felizes rs!

    Responder
  2. Rubens Leme

    Como só defendia 180 e já soma 720, Nadal, por enquanto, acrescenta 540 pontos no ranking (que podem virar 1020 ser for vice ou 1820 se for campeão). Para melhorar, o velhinho perde 1640 pontos, ou seja, ele pode sair de Londres, com 3460 de diferença, que somado aos 50 atuais, chega a 3510.

    Isso no ranking de entradas, porque no de corrida para Londres, pode chegar a 7040 pontos contra 4020 do seu freguês predileto. Dificilmente deixará o número 1 escapar de suas mãos este ano.

    Responder
  3. Mario César Rodrigues

    Será que entendem agora pq Rafa é melhor que Federer.Federer não luta acha que ganha a hora que quiser risos o Anderson deu uma surra nele.Rafa parabéns,Del Boy parabéns..era para ser mais fácil o tb aquela DF mas no final foi um jogão.Ganhou o melhor e se chama Rafael Nadal sem mais!

    Responder
  4. Rodrigo S. Cruz

    Esse Del Potro tem muito CORAÇÃO!

    Que tremendo jogador de tênis.

    Mesmo com sua frágil mobilidade, proporcionou um espetáculo hoje contra o Nadal, e só perdeu no detalhe…

    Responder
      1. welington

        viaja não camarada.
        Para DJOKO vencer RN, vai precisar:
        1- sacar absurdamente bem… isso há muito tempo ele nao faz…
        2- mobilidade para ir à rede… isso ele já esqueceu o que é…
        3-condicionamento físico impecável… sem comentarios.
        4- e pra finalizar… precisaria do RN limitado fisica ou mentalmente…. difícil…
        Esqueça. domingo você vai assistir o MONSTRO atropelar um dos bonecos de olinda (Anderson ou Isner)

        Responder
  5. Fernando Brack

    O pior dia para assistir uma derrota calamitosa, fragorosa e vergonhosa do Federer é o dia em que Nadal vence um jogo que deveria perder. Esse dia é hoje. Que saco! Acho que vou dormir e só acordar amanhã.

    Responder
    1. Marcílio aguiar

      Não assisti ao jogo. Só acompanhei o placar pelo site de WB, então fica difícil entender o que aconteceu mas foi muito frustrante ver tantos BP não convertidos. O Federer consegue um número incrível de BP mas a conversão é muito baixa. Sem tirar os meritos dos adversários acho que é uma grande falha mental em seu jogo. O Nadal e o Djoko jamais perdem jogos dessa forma, pelo contrário ganham a maioria desses jogos disputados em alta tensão. Até hj não consigo engolir o Federer converter só 2 BP de 25 oportunidades conseguidas no USO de 2016 contra o Djoko, se não me engano.

      Responder
  6. Rodrigo S. Cruz

    É.

    Agora de nada adianta chorar o leite derramado.

    Não sei como o cara tem 2 sets a 0 e mais matchpoint , e passa a jogar de forma tão BIZARRA aqueles games finais do terceiro set.

    O Anderson só passou a acreditar e dar tudo, quando o Federer o convidou de volta pro jogo.

    E pensar que me encheram o SACO aqui quando eu falei que pular toda temporada de saibro tinha sido burrice.

    Se tivesse jogado, teria ganhado umas 3 ou 4 partidas em Roma e em RG, e chegaria com mais ritmo pra grama…

    Agora, é apostar tudo no US Open mesmo.

    A pressão maior será do Nadal, que tem 2000 pontos pra defender lá.

    PS> e LF. Desta vez a cara bunda é minha mesmo. Mas não se alegre muito… (rs)

    Responder
      1. Rodrigo S. Cruz

        Sim.

        Foi a combinação das duas coisas:

        Falta de ritmo, e pouco jogo de rede.

        E hoje deu pra ver isso, pois das vezes que subiu chegou também a errar vários voleios fáceis, e em pontos importantes…

        A falta de precisão nesse fundamento ficou claro…

        Responder
    1. welington

      Federer ganhar US OPEN? KKKK. Vocês não entenderam ainda… Precisa desenhar? É muita falta de conexão com a realidade. Vocês só podem estar usando alucinógeno ou algo parecido. Entendam de uma vez por todas, BAILARINA acabou. Disse isso há pouco tempo e reafirmo: MELHOR SE APOSENTAR LOGO PRA NÃO TOMAR PORRADA DE QUALQUE TOP 100 QUE APARECER PELO CAMINHO.

      Responder
  7. Luiz Fernando

    Com esses resultados de hj vejo como Rafa teve sorte de fugir desses grandes sacadores no início, quando estava mais vulneravel, o q ocorreu em W2017 com o jogador de um único piso Muller deve sempre nos mostrar que devemos ter humildade e cuidado nos comentários, algo q falta a muitos aqui…

    Responder
  8. Luiz Fernando

    Os bobos de sempre de sempre diziam q queriam ver a minha cara de bunda quando Federer vencesse Rafa em W. Devem estar se olhando no espelho…

    Responder
    1. André Barbosa

      LF, porque você ainda perde tanto tempo com essa galera “sem noção”? Não me entenda mal, mas você é um cara que agrega muito quando comenta sobre o tênis em geral sem se preocupar com essa gente.

      Como dizem por aí, “não alimente os trolls”.

      Abs!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *